Com que roupa eu vou?!

DICIONÁRIO DE VESTIDOS: NOMES E MODELOS MAIS USADOS

Você que trabalha com moda, precisa ter na ponta da língua o nome dos modelitos não só dos vestidos, mas de todo tipo de roupa que está revendendo. A gente já fez um dicionário de saias e hoje vamos falar dos vestidinhos, seus nomes e modelos mais usados. Vai decorando aí, um pouquinho por vez, e se precisar guarda esses posts para consulta, ok?

 

TIPOS DE VESTIDOS

VESTIDO A –Tem os ombros mais justos e vai ficando mais larguinho na parte inferior, lembrando a letra A. Foi criado por Christian Dior em 1955.

VESTIDO TRAPÉZIO – Também tem ombros mais justos, mas a parte inferior é bem mais ampla que no caso do modelo em A.

VESTIDO H – Conhecido como vestido lápis, tem sua forma ajustada desde os ombros até os quadris, terminando na altura dos joelhos. Christian Dior também é o criador desse modelo que foi sucesso absoluto nos anos 60.

VESTIDO TRIÂNGULO – Outro modelo que se origina do modelo em A. Nesse caso, porém, a saia é triangular e rodada, com bastante tecido.

VESTIDO I – Tem o mesmo formato que o modelo em H (lápis) com a diferença do comprimento: nesse caso eles são midi ou longos.

VESTIDO SINO – Corpete justo e acinturado e saia volumosa são as principais características desse modelo que dão a ideia de forma de um sino.

VESTIDO T – É ajustado como o vestido lápis mas, nessa versão, ele ganha mangas similares a de uma camiseta.

VESTIDO BALONÊ – Lembra o vestido sino com a diferença que a saia não é soltinha. No modelo balonê ela fica mais “inchada”, por causa do tipo de costura.

 

TIPOS DE VESTIDOS 2

VESTIDO V – É o contrário do vestido triângulo. Nesse caso, os ombros contam com bastante volume e largura enquanto cintura e quadris são mais ajustados ao corpo.

VESTIDO IMPÉRIO – Esse modelo de vestido nasceu na França, logo após a revolução francesa. Ele tem uma linha logo abaixo do busto e a saia longa mais fluida.

VESTIDO XMuito usado nos anos 50, tem cintura marcada e saia bem rodada.

VESTIDO CHARLESTONSucesso nos anos 20, tem alças fininhas, marca pouco a cintura e saia curta com pregas e franjas.

VESTIDO YModelo dos anos 40, combina as formas dos vestidos X e H. Tem cintura e quadris mais marcados e ombros cobertos.

VESTIDO PRINCESA – Parte de cima ajustada ao corpo e bem acinturada, que valoriza curvas até de quem não tem. A saia é mais fluida e o decote pode ou não ser sinuoso.

 

Agora use seus conhecimentos na hora de vender e conquiste ainda mais suas clientes.

 

Seja uma revendedora Colmeia

Se você quer um negócio lucrativo para trabalhar no conforto do seu lar, então revender Colmeia (compre aqui!) é uma excelente opção. A marca é a número 1 em moda jovem do Norte e Nordeste, com coleções atualizadas com as últimas tendências da moda e uma excelente aceitação pelo público feminino.

Para fazer parte do nosso time e se tornar uma de nossas revendedoras, você pode fazer seu cadastro pela internet e comprar todas as suas peças pelo nosso site. Isso é muito mais comodidade e tempo para você! Além disso, nas compras acima de R$1.000,00, você não paga o frete.

Confira nossa coleção e alcance sua independência financeira, basta clicar aqui!

Somos uma marca antenada com a moda com 24 anos de história pra contar. Nossa missão é oferecer aos nossos clientes o melhor do produto do mercado, mais fashion, com originalidade e variedade única.

Share:

Leave a reply

@modacolmeia

Siga-nos e fique por dentro de todas as novidades