dicas para revendedorasSem categoria

Uma vitrine bem elaborada aumenta consideravelmente suas vendas – Saiba como fazer!

Mais do que expor as peças que estão à venda, a vitrine tem como objetivo chamar a atenção do cliente. Por muitas vezes, ela é o primeiro contato entre a marca e o consumidor. Por isso, precisa ser bem atrativa.

Para atrair a clientela, as lojas seguem procedimentos que tornam as vitrines funcionais como investir em uma iluminação que favoreça a exposição das peças e usar a criatividade na hora da montagem, por exemplo.

A Colmeia ajuda você a montar uma vitrine atrativa e funcional. Seguindo nossas dicas e apostando na sua intuição, você não só terá uma bela vitrine como também irá aumentar suas vendas. Confira!

 

Tipos de Vitrines

As vitrines desempenham funções importantes no ponto de venda, pois além delas despertarem a atenção dos consumidores, atraindo-os para o interior da loja, transmitem a identidade da marca e o seu posicionamento.

Existem diversos tipos de vitrines e cada segmento de loja investe em um modelo diferente. Descubra quais são e através de suas características saiba qual mais se identifica com o seu negócio.

Vitrines fechadas: 

colmeia vitrine 9

Possuem uma separação sólida entre a vitrine e a loja, com exposição apenas para o lado externo. Geralmente são utilizados para destacar os produtos dentro de um plano de fundo, que pode criar um cenário de acordo com o tema da coleção.

Neste caso, os elementos da vitrine não sofrem interferência do interior da loja. O acesso a esse tipo de vitrine costuma ser restrito a funcionários e se dá por uma porta específica.

Normalmente elas possuem um painel de vidro na parte frontal, circundado por uma parede posterior e duas laterais. Desta forma, as peças são vistas apenas quando o cliente se posiciona à frente da vitrine.

Características:

– a exposição dos produtos acontecem exclusivamente na parte externa da loja;

– sua estrutura impede a visão de dentro da loja e o toque dos clientes nas peças;

– garante uma exposição mais segura das peças de maior valor.

Vitrines abertas no fundo:

colmeia vitrine 12

Não possui separação entre a vitrine e o interior da loja, permitindo ao cliente a visualização dos produtos expostos pelos dois lados, interno e externo da loja. Desta forma, as peças no interior funcionam como complemento da vitrine montada.

A vitrine aberta no fundo pode ter paredes laterais e um painel de vidro na parte frontal. Porém, ela não possui fechamento posterior. Assim, não há separação física entre a vitrine e o interior da loja.

Características:

– ela exige que o interior da loja atraia o cliente;

– não é recomendável a exposição de peças com valores altos por causa do possível contato direto entre elas e os clientes;

– exigem uma manutenção maior também por causa do contato e manuseio entre os clientes e as peças.

Vitrines de Quina ou Esquina:

Colmeia vitrine 15

Com este tipo de vitrine o ideal é construir um visual que direcione o cliente para a entrada da loja, permitindo a visualização das peças através de diferentes ângulos.

Costumam estar dispostas em laterais de lojas localizadas nas esquinas das ruas. Possuem maiores ângulos de visibilidade devido ao seu formato, parte frontal e lateral do vidro.

Características:

–  deve-se construir um visual que direcione o consumidor para a entrada da loja;

– as peças precisam estar voltadas em linha reta como vidro, pois os clientes tendem a parar diante das vitrines para observá-las;

– neste caso não se faz necessário o uso de logotipo ou placa na lateral da loja. Do contrário, o cliente pode se confundir e achar que a entrada da loja é por ali.

 

Dicas: quanto mais quantidade de peças expostas nas vitrines, independente do seu tipo, a sensação que passa é a de que elas são muito baratas. Por isso, o procedimento só deve ser seguido se esse for o seu tipo de negócio.

 

Vitrines temáticas

As vitrines das lojas costuma seguir um calendário, pois desta forma é mais fácil montá-las. Para isso, basta seguir temas. Geralmente, as estações do ano são referências.

Porém, aproveita-se também datas comemorativas como o Natal e o Réveillon, além do dia das mães, dos pais e dos namorados. Nesta brincadeira, há espaço também para lançar campanhas com outras datas como férias, carnaval e festas juninas.

colmeia vitrine 20

Para facilitar, a vendedora pode montar seu próprio calendário. Liste os doze meses do ano e veja quais datas comemorativas ou estações entram em cada um deles. E no mês que não tiver uma comemoração específica você pode apostar na liquidação ou lançamento de uma nova coleção. Depois, basta criar a sua própria vitrine seguindo esse cronograma. Por exemplo:

– Janeiro: Férias e alto verão

– Fevereiro: Carnaval

– Março: Volta às aulas

– Abril: Outono

– Maio: Dia das mães

– Junho: Inverno/Festas Juninas

– Julho: Férias

– Agosto: Dia dos Pais

– Setembro: Primavera

– Outubro: Dia das crianças

– Novembro: Liquidação

– Dezembro:  Natal e Réveillon

 

Iluminação

iluminação vitrine colmeia

A iluminação de uma vitrine é algo que deve ser pensada com carinho. Ela tem que proporcionar conforto visual, evitar distorção nas cores e valorizar o ambiente, assim como as peças expostas, deixando o local acolhedor. Pode-se usar lâmpadas quentes (refletores, dicroicas e halógenas) ou frias (fluorescentes).

Os refletores e as dicroicas não são indicadas em locais de grande circulação de pessoas por causa do calor que emitem. Por outro lado, as halógenas incandescentes reproduzem fielmente a luz do dia, respeitando as cores. Apesar de mais cara, sua durabilidade é maior e ela é mais econômica do que um incandescente comum.

Já as frias (fluorescentes) distribuem a luz por igual. Por isso, precisam de complementação de iluminação. Além disso, são econômicas, de temperatura baixa e sua boa intensidade evita problemas de reflexos nos vidros das vitrines.

 

Limpeza e pintura

Como a percepção visual atrai clientes, esse primeiro impacto precisa ser eficaz. Para isso, o cuidado com a vitrine deve ser constante, uma vez que ela é um elemento importante e onde vai estar as melhores peças.

Mantê-la limpa e clean é o melhor caminho. Para isso, a pintura das paredes laterais e do chão precisam estar em dia e, de preferência, em tons claros. Já o vidro deve estar sempre limpo e sem manchas ou marcas de dedo.

 

Decoração

colmeia vitrine 21

– Manequins e outros objetos de decoração

colmeia vitrine 11

Em um primeiro momento o cliente escolhe a loja pelos olhos. Por isso, a vitrine precisa estar muito bem decorada. Os manequins são peças fundamentais para qualquer loja de roupas, pois eles é que vão dar vida às roupas.

O cliente precisa imaginar como aquele macaquinho bacana irá ficar em seu corpo, ter ideia do caimento, identificar com quais peças ele combina. Neste caso, o manequim serve de apoio visual.

Então, os bonecos vão dar dinamismo à coleção e destacar as combinações das peças expostas. Existem modelos mais clássicos e outros modernos. Com diferentes tonalidades de pele e, ainda, aqueles em diferentes posições: sentados, com pernas cruzadas. Invista naquele que atenda sua expectativa e necessidade financeira.

Saiba que para cada tipo de loja há um manequim mais indicado. Aqueles mais realistas, com rosto pintado e perucas, por exemplo, costumam ser usados em lojas de roupas femininas, valorizando o glamour.

Porém, eles precisam de manutenção. Por isso, se a loja não tiver profissionais com tempo para se dedicar a esses cuidados, o mais indicado são os manequins com cabelos esculpidos ou sem cabelo. Os modelos sem cabeça só são apropriados quando não há a necessidade de expor acessórios como óculos e chapéus.

Material o material de confecção do manequim também influencia na proposta da loja. Quem trabalha com conceito de sustentabilidade, por exemplo, pode optar por materiais recicláveis. Já os modelos feitos em fibra de carbono são apropriados para roupas e acessórios esportivos.

Além das roupas, ele pode estar com acessórios que ajudem na composição do visual. Por exemplo, se o tema for moda verão, complete o look com óculos de sol, cintos e bijous.

Se aprofunde mais ainda no tema incluindo objetos de decoração na vitrine como, por exemplo, guarda-sol e cangas. Agora, se o tema for a primavera, use e abuse das flores. Para temas como férias, aposte em objetos que lembrem uma cidade ou país. Faça o mesmo com o Natal e o Réveillon.

Assim como na campanha “Verão Retrô da Colmeia”, onde foram utilizados acessórios e objetos vintage, ajudando a criar um cenário e remetendo ao clima de época proposto pela coleção.

Existem sites onde é possível comprar tanto os manequins quanto os objetos que possam lhe interessar.

Onde encontrar:

www.mercadolivre.com.br

www.buscapé.com.br

http://www.atelieadesigner.com.br

 

– Exposição de Looks

colmeia vitrine 4

A exposição dos looks é fator primordial para atrair clientes e aumentar suas vendas. Sua exposição em conjunto com o cenário deve contar a história do que está sendo exposto na vitrine.

Como precisa atrair a clientela de forma clara e objetiva, não pode haver espaço para más interpretações. Assim, o que tiver sendo exposto na vitrine precisa, também, estar disponível no estoque.

Promova contrastes de cores e estampas criando um mix de peças lisas com outras estampadas na mesma vitrine. Faça o mesmo com os modelos expostos. Por exemplo, se o tema da sua vitrine for “viagem de férias”, uma boa dica é colocar manequins com peças de diferentes estilos.

Uma dica é criar duas vitrines, uma com roupas que podem ser usadas durante o dia e a outra com peças próprias para programas noturnos. Crie um cenário, conte uma história, com a ajuda de objetos também.

E nada de peças muito parecidas na mesma vitrine. O legal é dar uma variada na composição. Assim, aposte nos vestidos e nos shorts de um lado, nas calças e saias do outro e, assim, sucessivamente.

Atente-se também às cores. O ideal é haver tanto um contraste, apostando em tonalidades opostas como o vermelho e azul, assim como trabalhar com tonalidades que se complementam na escala de cores igual ao amarelo com o roxo, por exemplo. Isso irá garantir um visual harmônico.

 

E aí, está pronta para montar sua vitrine? Confira a nossa coleção (clique aqui para acessar a nossa loja virtual) e escolha os looks que serão destaque na sua loja!

 

Seja uma revendedora Colmeia

Se você quer um negócio lucrativo para trabalhar no conforto do seu lar, então revender Colmeia é uma excelente opção. A marca é a número 1 em moda jovem do Norte e Nordeste, com coleções atualizadas com as últimas tendências da moda e uma excelente aceitação pelo público feminino.

Para fazer parte do nosso time e se tornar uma de nossas revendedoras, você pode fazer seu cadastro pela internet e comprar todas as suas peças pelo nosso site. Isso é muito mais comodidade e tempo para você! Além disso, nas compras acima de R$1.000,00, você não paga o frete.

Confira nossa coleção e alcance sua independência financeira, basta clicar aqui!

Somos uma marca antenada com a moda com 24 anos de história pra contar. Nossa missão é oferecer aos nossos clientes o melhor do produto do mercado, mais fashion, com originalidade e variedade única.

Share:

4 comments

  1. Patricia Souza da Silva e Silva 28 julho, 2015 at 02:40 Responder

    Quero saber mais como me tornar uma revendedora.

    Comment meta

    Telefone: 92992335016, Cidade: Manaus - AM,

Leave a reply

@modacolmeia

Siga-nos e fique por dentro de todas as novidades